Arquivo da tag: Clínica Cirúrgica

Como realizar o cuidado oral para pacientes independentes, dependentes e inconscientes

Pacientes independentes
  • Pacientes que são capazes de permanecer de forma independente em uma posição Fowler ou semi-Fowler podem, em geral, realizar a sua própria higiene oral, desde que os suprimentos necessários estejam ao fácil alcance.
  • Para pacientes conscientes, sentar na margem da cama ou próximo à pia também é uma opção para a realização da higiene oral.
  • Enquanto o  paciente está realizando a higiene oral, é importante que você observe o processo e fornecer qualquer orientação necessária a respeito da escovação e uso do fio dental. Este é também um bom momento para discutir a importância da higiene oral e de uma boa saúde bucal com o paciente.
Pacientes dependentes
Anúncios

Estudo de Caso: Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)

INTRODUÇÃO

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma doença caracterizada pela limitação no fluxo aéreo que não é totalmente reversível. Esta mais nova definição de DPOC, fornecida pela Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease  (GOLD), é uma descrição ampla que explica melhor esse transtorno e seus sinais e sintomas (GOLD, Organização Mundial da Saúde [OMS] & National Heart, Lung and Blood Institute [NHLBI], 2004). Embora as definições anteriores tenham incluído o enfisema e a bronquite crônica no sistema de classificação da DPOC, muitas vezes o processo de classificação se mostrou confuso porque a maioria dos pacientes com DPOC apresentam sobreposição nos sinais e sintomas desses dois processos patológicos distintos. Continuar lendo Estudo de Caso: Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)

Estudo de Caso: Apendicite

Fonte: doutissima.com.br
Estudos de Caso: Apendicite

INTRODUÇÃO

O apêndice é um pequeno anexo digitiforme com cerca de 10 cm de comprimento, ligado ao ceco logo abaixo da válvula ileocecal. Não há funções definidas atribuídas a ele em seres humanos. O apêndice enche com alimentos e esvazia tão regularmente quanto o ceco, de modo que está propenso a obstrução e é particularmente vulnerável à infecção (apendicite).

A apendicite é a causa mais comum de inflamação aguda no quadrante inferior direito da cavidade abdominal. Cerca de 7% da população terão apendicite em algum momento de suas vidas, sendo os homens mais afetados do que as mulheres e os adolescentes mais do que os adultos. A incidência é mais frequente na faixa etária entre 10 e 30 anos. A sua prevalência é maior em países nos quais as pessoas consomem uma dieta pobre em fibras e rica em carboidratos refinados.

Essa é a situação que mais comumente requer intervenção cirúrgica . Quando não tratada, a apendicite pode progredir para perfuração, abcesso, peritonite subsequente e até morte. Continuar lendo Estudo de Caso: Apendicite