Arquivo da categoria: Fundamentos de Enfermagem

Dicas para uma boa anotação de enfermagem

É um plantão tóxico para você. Você tem toneladas de coisas para fazer, incluindo procedimentos de enfermagem a serem realizados em cada paciente e medicamentos para serem administrados. Você também tem que atualizar o estado dos pacientes para os médicos que fazem as visitas e documentar tudo o que você tem feito para cada paciente.
Você pensa consigo mesmo: “É realmente necessário fazer anotações de enfermagem?”

A resposta? Sim, realmente é! Além de executar ações terapêuticas de enfermagem, esta é uma das coisas mais importantes a fazer quando você é um membro da equipe de enfermagem, uma vez que pode salvar você e sua licença (o seu famoso e precioso COREN) quando surge um conflito. Quais são as principais dicas que você deve se lembrar ao realizar a sua anotação de enfermagem? Acompanhe conosco nesse post! Continuar lendo Dicas para uma boa anotação de enfermagem

Anúncios

Interpretação de exames: entendendo os eletrólitos

Os eletrólitos geralmente aparecem em nossas vidas logo no início dos cursos de enfermagem. Como a interpretação dos valores laboratoriais dos eletrólitos é uma parte crucial do planejamento de cuidados de enfermagem, a ênfase que damos nesse post pode ser justificada. Muitos estudantes de enfermagem acreditam que estudar os eletrólitos é chato e sem aplicação na futura prática assistencial, assim como tantas outras matérias durante o curso. No entanto, entender os conceitos básicos do funcionamento do corpo humano nos faz ter segurança suficiente para aprofundar os nossos conhecimentos e entender as mais complexas questões fisiológicas, patológicas, manifestações clínicas de doenças e possíveis complicações que podem surgir durante a assistência de enfermagem. Portanto, começaremos do básico: Sódio, Potássio, Magnésio, Cálcio e Fósforo. Continuar lendo Interpretação de exames: entendendo os eletrólitos

Administração de medicamentos: quais não devem ser macerados?

Algumas apresentações de medicamentos administrados via oral não devem ser maceradas. Tais apresentações são especialmente formuladas para liberar os seus compostos farmacológicos gradualmente no decorrer das horas. E com qual finalidade? Proteger os princípios ativos do pH baixo do estômago, bem como proteger a mucosa gástrica dos efeitos irritantes que algumas drogas possuem. Continuar lendo Administração de medicamentos: quais não devem ser macerados?

(10 dicas de) Como não estourar uma veia

Fonte: RedOrbit.com

Enquanto profissional de Enfermagem, não importa o quão bom você se considera em punção venosa, sempre existirá uma ocasião na qual você encontra dificuldades em estabelecer um bom acesso venoso. Se você está instalando uma linha EV ou fazendo coletas de sangue, “estourar” uma veia deve ser a última coisa que você deseja. Uma “veia estourada” significa basicamente que a agulha do dispositivo EV foi inserida muito profundamente, perfurando a veia em ambos os lados (a famosa transfixação da veia) e, potencialmente levando à infiltração ou extravasamento.

Uma veia estourada não só causa desconforto para o paciente, mas também a interrupção da produtividade do profissional de enfermagem. Este guia detalha tudo o que precisamos saber para evitar que as veias estourem e assegurar a inserção bem sucedida de um dispositivo EV. Continuar lendo (10 dicas de) Como não estourar uma veia