Arquivo da categoria: Artigos

Novas diretrizes para o tratamento de pneumonia hospitalar e PAV

Novas diretrizes que oferecem recomendações baseadas em evidências para a prevenção, diagnóstico e tratamento de pneumonia foram publicadas pela Infectious Diseases Society of America (IDSA) e American Thoracic Society na edição de julho do periódico Clinical Infectious Diseases. As últimas recomendações sobre pneumonia hospitalar e pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) foram publicadas em 2005 e, desde então, novos estudos trouxeram conhecimentos adicionais sobre o diagnóstico e tratamento dessas patologias. Além disso, nos 11 anos que se passaram desde a publicação dessas diretrizes, foram registrados vários avanços na metodologia de diretrizes baseadas em evidências.

Continuar lendo Novas diretrizes para o tratamento de pneumonia hospitalar e PAV

Anúncios

Quando iniciar diálise no paciente crítico?

 

A discussão de quando iniciar hemodiálise permeia as unidades de terapia intensiva diariamente. Diversos estudos realizados mostraram resultados conflitantes entre uma estratégia de início precoce ou tardio no contexto da injuria renal aguda, ou seja, no doente gravemente enfermo.

Diálise precoce comprovadamente diminui a circulação de mediadores inflamatórios, evita a sobrecarga volêmica e mantém o equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-básico do organismo. Por outro lado, Continuar lendo Quando iniciar diálise no paciente crítico?

Úlcera por pressão: como realizar um tratamento adequado?

O cuidado de enfermagem com úlceras por pressão é muitas vezes prestado sem fundamentos científicos. Muitos profissionais ainda ficam cheios de dúvidas ao analisarem uma UPP e definirem a terapia que será empregada para uma adequada cicatrização.

Diante de UPPs grau I, II, III ou IV, muitos se perguntam: O que usar nesse curativo? Apenas solução fisiológica? Colagenase? Hidrogel? Papaína? Alginato? Continuar lendo Úlcera por pressão: como realizar um tratamento adequado?

Cuidado de paciente de UTI em ventilação mecânica deve mudar

Um estudo brasileiropublicado no The New England Journal of Medicine deverá mudar em todo o mundo o tratamento de portadores da Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA), que causa insuficiência respiratória e requer o uso de ventiladores mecânicos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Após analisar dados de 3.562 participantes de nove diferentes estudos, um grupo de pesquisadores do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (InCor-HC-FMUSP) concluiu que Continuar lendo Cuidado de paciente de UTI em ventilação mecânica deve mudar

Pessoas com cálculos renais são mais propensas ao risco de fraturas

As pessoas que formam cálculos renais podem ter um incremento no risco de fraturas, segundo um novo estudo.

Utilizando a base de dados da Rede para Melhoria da Saúde, a Dra. Michelle R. Denburg do Hospital Infantil da Filadélfia e da Escola de Medicina Perelman da Universidade da Pensilvânia na Filadélfia, e seus colaboradores estudaram um estudo coorte retrospectivo de 51.785 indivíduos com urolitíase e 517.267 sujeitos pareados por idade, gênero sexual e exercício clínico, selecionados de maneira randomizada. Continuar lendo Pessoas com cálculos renais são mais propensas ao risco de fraturas

Taxas de hospitalização por meningite e sepse causadas por Haemophilus influenzae, Neisseria meningitidis e Streptococcus pneumoniae

Fonte: Medisuite.ir   Um artigo foi difundido no periódico The Lancet Infectous Diseases e seus pesquisadores afirmaram que as infecções por Haemophilus influenzae, Neisseria meningitidis e Streptococcus pneumoniae são causa de mortalidade considerável e morbidade a longo prazo nos crianças. Não se conhece nenhum estudo que avalie as tendências a longo prazo nas taxas de admissão por meningite e sepse causadas por estes micro-organismos patogênicos em crianças da Inglaterra. O propósito do estudo foi realizar tal estudo utilizando dados sistematicamente relatados na Inglaterra. Neste estudo de observação baseado na população, utilizou-se séries de dados Continuar lendo Taxas de hospitalização por meningite e sepse causadas por Haemophilus influenzae, Neisseria meningitidis e Streptococcus pneumoniae

A proporção de alarmes clinicamente relevantes diminui à medida que diminui a gravidade clínica dos pacientes em unidades de terapia intensiva: um estudo piloto

Fonte: Hospital Moriah

Os objetivos de um estudo publicado no BMJ Open foram determinar (1) a proporção e o número de alarmes clinicamente relevantes com base no tipo de dispositivo de monitoramento, (2) se a gravidade clínica do paciente, com base na pontuação da avaliação sequencial de falência de órgãos (SOFA), afeta a proporção de alarmes clinicamente relevantes e sugerir (3) métodos para reduzir alarmes clinicamente irrelevantes em uma unidade de terapia intensiva (UTI).

Continuar lendo A proporção de alarmes clinicamente relevantes diminui à medida que diminui a gravidade clínica dos pacientes em unidades de terapia intensiva: um estudo piloto

Nível de atividade afeta resultados de intervenções ortopédicas

De acordo com uma revisão da literatura publicada na edição de julho do Journal of American Academy of Orthopaedic Surgeons (JAAOS), o nível de atividade dos pacientes é um forte preditor de quão bem eles se sairão com certos tratamentos e de quão bem eles se recuperam das lesões depois do tratamento. Os pacientes são encorajados a perguntar a seu médico ortopedista se o nível de atividade é um fator importante na sua decisão de tratamento. Por exemplo, pacientes mais ativos estão em maior risco Continuar lendo Nível de atividade afeta resultados de intervenções ortopédicas

Elevação da Troponina T em pacientes críticos com sepse – Resenha de artigo

Fonte: Wikipedia

É sabido que a elevação da troponina tem importância prognóstica em pacientes em estado crítico. O objetivo desse estudo, publicado no American Journal of Medicine, foi avaliar se elevações da troponina T cardíaca estão independentemente associadas com mortalidade durante a internação, a curto (30 dias) e longo prazo (3 meses), em pacientes em unidade de terapia intensiva admitidos com sepse, sepse grave, e choque séptico depois de corrigido pela gravidade da doença com o sistema de Avaliação da Fisiologia Aguda, Idade e Saúde Crônica III. Continuar lendo Elevação da Troponina T em pacientes críticos com sepse – Resenha de artigo

Sindrome da Abelha-Rainha: obscurecendo as questões entre profissionais de enfermagem | Nursing Crib

Síndrome da Abelha-Rainha: uma realidade na Enfermagem

Gentileza e cuidado têm sido muitas vezes considerados sinônimos de Enfermagem. Quando as pessoas mencionam “enfermeiros (as)”, eles (as) são muitas vezes vistos (as) como pessoas de fala mansa, de aparência gentil em jalecos brancos, capazes de fazer o bem para os outros. Há pessoas de fora da profissão que sempre imaginaram como deve ser trabalhar com esses anjos de bom coração. No entanto, o que eles não sabem é que uma certa escuridão e algumas coisas-não-tão-boas na verdade acontecem dentro das quatro paredes do hospital. Continuar lendo Sindrome da Abelha-Rainha: obscurecendo as questões entre profissionais de enfermagem | Nursing Crib